VÍDEOS

Loading...

sábado, 24 de julho de 2010

Coluna do Papa no Jornal Diário do Nordeste

COLUNA

Sílvio Carlos

Clique para Ampliar
Cearense no mundial
Clique para Ampliar
O curso do Gláucio
Clique para Ampliar
Nacional Gás/Unifor
24/7/2010 
50 anos do Lorda
ganha corpo a ideia do ex-goleiro Dodó de se promover este ano ainda uma sessão solene ou um encontro informal de todos aqueles que compuseram o Francisco Lorda. Para quem não acompanhou a trajetória do Lorda, este foi um dos maiores clubes do nosso futsal e bicampeão cearense (1958/59). Tinha no bairro Jacarecanga seu ginásio, moderno para aquele tempo, e era dirigido por uma família de largos recursos. O comandante José Arruda deu todo apoio. Pelo Lorda passaram nomes que hoje brilham na sociedade e no esporte. Precisa-se de um líder para que torne realidade este encontro.

Cearense no Mundial
Há dias disse aqui que a Seleção Brasileira de Futebol que vai disputar no Rio de Janeiro, no ano que vem, o Mundial das Forças Armadas, tinha um cearense. Luciano Portela, que é de Crateús e teve passagem pelo Ceará e Fortaleza, aqui está ao lado de seu amigo Ronaldo Angelim. A foto foi colhida no Rio de Janeiro, quando de um treino do Flamengo.

Lorda x Jacarecanga

um dos maiores clássicos do futsal cearense era Lorda x Jacarecanga. Geralmente dava confusão. O Lorda tinha as cores verde e branca e o Jacarecanga era alvianil. Aloísio Linhares, Magno, Joacy, Fernandinho e Niltinho era uma formação clássica deste timão mas havia outras. O então industrial Antônio Carlos de Queiroz (Cotonifício Leite Barbosa) foi presidente do Lorda. Amilcar Pinheiro de Negreiros também. Falar do Lorda me dá saudades.

Carlos Alberto Farias

este notável companheiro e que tem uma vida esportiva recheada de conquistas, aceitou o pedido deste colunista e vai escrever um capítulo sobre a história do time bicampeão cearense de futsal Francisco Lorda. Carlos Alberto, apesar de ter vivido mais junto ao rival Jacarecanga, integrou a primeira diretoria da tradicional equipe verde e branca.

O curso do Gláucio

ele deixou plantada esta semente e seus amigos estão dando continuidade a este projeto do saudoso Gláucio de Castro. Sua esposa Lilianne (aqui em Morada Nova) esteve com o secretário de Esportes Ferruccio Feitosa e a Sesporte dará apoio mais uma vez a esta iniciativa. O professor Neídes Nobre já cuida dos detalhes deste evento que anualmente capacita profissionais de educação física, dirigentes de clubes, estudantes e desportistas a serem treinadores. E capacitados.

Nacional Gás/Unifor

A próxima participação interestadual do nosso futsal será de 10 a 14 de agosto, a Liga Feminina, que acontecerá na cidade de Caçador/SC. As meninas da Nacional Gás/Unifor representarão o Ceará na competição. Vão enfrentar adversários do porte da Sabesp/SP, Sercomtel/SC, Kindermann/SC e Colégio Anglo/PR. Uma parada duríssima!

Cláudio Perez

foi deputado federal pelo Acre e jogou futsal no Ceará na década de 50. Atuava pelo time do Jacarecanga e fez parte daquele grupo famoso do Clube Líbano Brasileiro. Morreu na quarta-feira passada, vítima de infarto, no Acre.

Um pouco de ternura

do grande poeta Carlos Drummond de Andrade: "Ridículo é quem escreve uma carta de amor. Ridículo é quem lê uma carta de amor. Ridículo é quem manda uma carta de amor. Ridículo é o carteiro que entrega uma carta de amor. Muito mais ridículo é quem nunca escreveu, nunca leu, quem nunca mandou e quem nunca entregou uma carta de amor".

Nenhum comentário:

Postar um comentário