VÍDEOS

Loading...

quarta-feira, 21 de julho de 2010

ABC vence em grande atuação do goleiro Matheus


ABC venceu a terceira partida consecutiva na competição
Moita Bonita - O goleiro Matheus, do ABC/Art & C (RN), foi o grande responsável pela vitória por 2 a 1 sobre o Fortaleza (CE), nesta terça-feira (20/7), no ginásio Governador Albano Franco, em Moita Bonita (SE). Além das boas defesas feitas durante todo o jogo, ele ainda defendeu um pênalti a 15 segundos do fim, cobrado pelo número 10.

Com a vitória conquistada, o time norte-rio-grandense chegou aos nove pontos e assumiu a liderança da chave B da competição. Nesta quarta-feira (21/7), caso o ABC derrote o Internacional (SE), às 19 horas, garante a vaga na semifinal da competição. Já o Fortaleza, com a derrota, permanece em segundo lugar, com seis pontos e, nesta quarta, às 14h30, duela com terceiro colocado, o São Francisco do Conde Futsal (BA).

O ABC adotou uma postura mais defensiva, que procurava atrair o Fortaleza e, depois, explorar os contra-ataques. Foi assim que o time de Natal (RN) abriu o placar, aos 7min49, com um gol do pivô Edílson. Depois de marcar, o ABC se fechou ainda mais e dificultou a vida dos cearenses, que não conseguiam romper a barreira.

Nada mudou na segunda etapa, e o Fortaleza seguiu pressionando muito em busca do empate. Nas vezes que chegou com chances de marcar, Matheus foi seguro e, com pelo menos quatro grandes defesas, segurou o placar. Aos 34min37, o ABC conseguiu o segundo gol, mais uma vez em um contra-ataque, que foi concluído pelo ala Douglas.

Sem desistir da vitória, o time cearense pressionou e diminuiu aos 39min20, quando o ala Son chutou cruzado de dentro da pequena área para fazer o primeiro. Animado, o time saiu para o ataque e, as 15 segundos do fim, um atleta do ABC foi cortar um cruzamento e tocou a bola com a mão.

Na cobrança do pênalti, Matheus aguardou a cobrança do ala Ramon e, em dois tempos, fez a defesa salvadora. Após o final da partida, ele elogiou a marcação da equipe e contou o segredo para manter a tranqüilidade no momento decisivo da partida.

“Nossa defesa é muito forte e se comportou muito bem. Ali, naquela hora, duas coisas foram importantes: a primeira foi me concentrar muito no lance e a segunda foi pensar na minha filhinha, que nasceu há sete dias e está em casa me esperando”, disse o goleiro, orgulhoso da filha e da vitória de sua equipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário