VÍDEOS

Loading...

terça-feira, 23 de março de 2010

Ninguém marcou mais do que ele

Mais marcante que a vitória de 8 a 0 sobre o Equador, no último domingo, válida pelo torneio de futsal dos Jogos Sul-Americanos Medellín 2010, foi a marca alcançada pelo ala Falcão. O jogador marcou duas vezes e ultrapassou Manoel Tobias, assumindo o posto de maior artilheiro da história da seleção brasileira de futsal, com 279 gols usando a "amarelinha".

"Entro para a história do futsal mundial. É um dia especial, estou muito feliz mesmo. Deitei a cabeça no travesseiro essa noite e refleti para saber a dimensão do que seria o dia de hoje. Tinha certeza de que iria acontecer nesta partida. É uma história para o esporte. Pelo que já pesquisaram, nenhum jogador por nenhuma seleção do mundo fez este número de gols", declarou o jogador, eleito duas vezes pela Fifa como o melhor do mundo no futsal e agora no topo da lista de artilheiros da equipe hexacampeã mundial.

O ala, que fez parte da campanha vencedora da seleção no mundial de 2008, citou outro fator especial na marca atingida ao marcar o sétimo gol da goleada brasileira, já aos 34min18. "Estou muito feliz também pelo fato de ter sido o Cabreúva o autor do passe para o gol. Ele é um irmão, um fã declarado e me alegra ele fazer parte da minha história assim", revelou.

Sobre seus próximo objetivos, Falcão já tem outra marca em mente. "Agora minha meta é chegar aos trezentos gols com a camisa verde-amarela. Sou muito ambicioso. Quero sempre conquistar o próximo título, fazer o próximo gol", disse.

Marca ampliada

Ontem, foi a vez do Uruguai oferecer a oportunidade de Falcão se destacar ainda mais pela seleção. Pela terceira rodada do torneio, o Brasil venceu a equipe celeste pelo placar de 6 a 0, com dois gols do ala, que chegou á marca de 281 gols.

Porém, o novo recordista teve de sair de quadra sentindo dores na coxa esquerda, logo após anotar o segundo gol da partida, aos 23min48.

Nenhum comentário:

Postar um comentário