VÍDEOS

Loading...

sábado, 14 de agosto de 2010

Nacional Gás vence e garante vaga nas quartas de final


Cearenses (de azul) chegaram aos sete pontos na competição

Caçador (SC) - O Nacional Gás/Unifor (CE) está nas quartas de final da Liga Futsal Feminina 2010. Neste sábado (14/8), as cearenses derrotaram o Colégio Anglo/Seleto (PR) por 8 a 0, no ginásio Paulo Schieffler, em Caçador (SC), 
e chegaram aos sete pontos, assumindo o terceiro lugar do grupo A da 
competição. 

Com a vaga garantida, o time de Fortaleza (CE) espera a 
partida entre Kindermann/Uniarp/Unimed (SC) e Sercomtel/Londrina (PR), às 20 horas, 
para saber a posição final no grupo. Caso as catarinenses conquistem uma 
vitória ou um empate, as cearenses cairão para a quarta colocação e irão 
enfrentar nas quartas de final a equipe primeira colocada do grupo B, que 
está sendo disputado em Criciúma (SC). 

Do lado das paranaenses, a derrota para o Nacional Gás encerrou a participação 
da equipe nesta edição da Liga Feminina. O time maringaense perdeu as cinco 
partidas que disputou e terminou na última colocação do grupo, sem pontuar.

No jogo, as cearenses entraram em quadra precisando de uma simples vitória 
para avançar para as quartas de final. Por isso, desde o primeiro minuto, elas 
foram ao ataque em busca do resultado. A pressão se converteu em gol aos 
7min58, quando a ala Munhoz, do Colégio Anglo, foi cortar cruzamento e fez contra.

A vantagem no placar tranqüilizou o time cearense, que seguiu pressionando 
para aumentar a vantagem. Aos 9min51, a pivô Simone recebeu passe e chutou 
com força para fazer o segundo da equipe. Em bom momento na partida, o time 
de Fortaleza chegou ao terceiro gol aos 12min17, quando ao fixo Ticy deixou o 
placar em 3 a 0.

Na segunda etapa, as paranaenses tentaram sair mais para o jogo e tiveram chances 
de abrir o placar, mas a goleira Meirinha, do Nacional Gás, fez boas defesas e 
segurou o ataque do Colégio Anglo. Já as cearenses, quando tiveram chances, trataram de 
ampliar o placar.

Aos 25min59, Simone finalizou rasteiro para marcar o quarto gol da equipe. Depois, 
a fixa Danny fez dois gols em seqüência e ampliou a vantagem para 6 a 0. Aos 
35min55, a ala Kessany entrou livre e finalizou com força para fazer o sétimo das 
cearenses. No fim, aos 38min36, a ala Neguinha completou jogada da pivô Lidu e 
fechou o placar em 8 a 0.

Para Lidu, a virtude do time cearense foi ter tranqüilidade para fazer os gols que a 
equipe precisava. “Era isso que a gente precisava. Mesmo quando a bola não entrava, 
nosso time sabia que tinha que continuar tentando e uma hora a bola entraria. 
Quando fizemos o primeiro gol, nosso time se acalmou ainda mais e o resultado 
veio com naturalidade”, explicou.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário