VÍDEOS

Loading...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Liga Nacional de Futsal Feminina

Unesc se impõe em casa e bate o Sport


Criciúma (SC) - A rodada desta quarta-feira (11/8) pelo grupo B da Liga Futsal Feminina 2010 foi encerrada com vitóri a da Unesc/FME/Cri Construções sobre o Sport/K.K. Golaso por 3 a 0. O confronto foi realizado no ginásio José Antonio Carrilho, em Criciúma (SC).

Com o resultado, a equipe catarinense chegou aos quatro pontos, permanecendo na terceira posição da chave, que tem a ADJ/Raumak/Barateiro/FME e Hidráulica Brasil na ponta – ambos com seis pontos. O grupo conta ainda com o Jaguaré/Palmeiras/Osasco, que está em quarto, com um ponto. O Sport, juntamente com Chimarrão/Bender/DalPonte, ainda não pontuou.

O jogo começou equilibrado. As duas equipes se alternaram nas ações ofensivas. O placar foi aberto aos 11min50 pela pivô Gre, após uma cobrança de falta, vencendo a goleira Maga, que ainda defendeu dois tiros livres diretos sem barreira da marca dos dez metros. O segundo tento ocorreu aos 17min54, dos pés de Bazinha, fechando o placar da etapa inicial.

No segundo tempo, as donas da casa ampliaram aos 23min07, quando Charrila desviou um cruzamento rasteiro para suas próprias redes, fazendo um autogol. Faltando pouco mais de cinco minutos para o término do confronto, o técnico Bruno José Angeiras passou a usar a fixo Kreijo como goleira-linha, mas o placar permaneceu inalterado.

O treinador do Sport, Bruno Angeiras reconheceu a superioridade rival. “A Unesc está de parabéns, conseguiram aproveitar as oportunidades e foi superior ao nosso time”, comentou o técnico ao final da partida.

Zego, treinador da Unesc, ressaltou a importância da primeira vitória no campeonato. “Jogamos muito bem. Tivemos um erro ao cometer muitas faltas, mas tivemos calma e controlamos o jogo. Conseguimos uma vitória importante e fundamental para nossas pretensões na competição”.

O próximo compromisso do Sport será na abertura da rodada desta quinta-feira (12/8). A equipe pernambucana encara a Hidráulica Brasil, às 17h30. Já as anfitriãs enfrentam a ADJ/Raumak/Barateiro/FME, no clássico catarinense, às 20h30.


Sabesp vira e conquista primeira vitória


Caçador (SC)- O Mesc/São Bernardo/Sabesp (SP) conquistou os três primeiros pontos no grupo A da Liga Futsal Feminina. Nesta quarta-feira (11/8), no ginásio Paulo Schieffler, em Caçador (SC), o time paulista perdia por 2 a 0 para o Kindermann/Uniarp/Unimed (SC), mas lutou muito e virou a partida, vencendo por 6 a 3. 

Com o resultado, o Mesc/São Bernardo pulou para a quarta colocação na tabela, empatado em número de pontos com o Kindermann, terceiro colocado. Nesta quinta-feira (12/8), as duas equipes voltam à quadra para a terceira rodada da competição. Às 18h30, o time paulista enfrenta o Nacional Gás/Unifor (CE), e, às 20 horas, as caçadorenses fazem o clássico catarinense contra a UnoChapecó/NTozzo/Female (SC). 

Na primeira etapa, o Kindermann foi melhor e abriu o placar logo aos 4min43, com um gol da ala Marcela. Mais organizado, o time da casa seguiu pressionando e teve chances de ampliar, mas pecou nas finalizações. Só no fim da primeira etapa, aos 19min13, é que as caçadorenses marcaram novamente, com a fixa Desi. 

Porém, na segunda etapa, o Mesc/São Bernardo voltou melhor. Aos 22min38, a ala July escorou cruzamento e fez o primeiro gol das paulistas na partida. Animada, a equipe paulista seguiu no ataque e, aos 25min04, July marcou novamente e empatou a partida.

Sofrer o segundo gol desestruturou o Kindermann, que, para tentar ficar à frente do placar, começou a utilizar a fixo Milena como goleiro-linha. Só que a estratégia não deu certo e, aos 31min44, numa roubada de bola do Mesc/São Bernardo, a ala Érika chutou de longe para virar a partida a favor do time paulista.

Mesmo sofrendo o gol, o Kindermann insistiu com a goleiro-linha e, em menos de um minuto, a Sabesp marcou mais duas vezes. Primeiro foi a goleira Paula, que chutou de longe e encobriu a arqueira Júlia. Depois, a ala Silvana também arriscou arremate longo para marcar o quinto gol. 

O Kindermann ainda tentou reagir e, aos 34min48, Marcela fez o terceiro gol. Sem alternativa, o time da casa tentou chegar ao empate de todas as formas possíveis, mas, sem tranqüilidade, perdeu boas chances de marcar. No fim, aos 38min50, o time paulista ainda teve um pênalti, convertido por Silvana, que fechou o placar em 6 a 3. 

Autora de dois gols, Silvana disse que a equipe corrigiu a marcação para a segunda etapa e, por isso, conseguiu virar o placar. ?Erramos muito na primeira etapa, mas quando arrumamos isso nosso time melhorou. Quando marcamos o segundo gol, o time delas arriscou tudo com o goleiro-linha e nós fomos felizes em aproveitar as oportunidades para sair com a vitória?, resumiu.


Hidráulica surpreende o Jaguaré e vence mais uma


Criciúma (SC) - A Hidráulica Brasil superou o Jaguaré/Palmeiras/Osasco por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (11/8), no ginásio José Antonio Carrilho, em Criciúma (SC). O confronto válido pela segunda rodada do grupo B da fase classificatória da Liga Futsal Feminina foi o segundo das goianas, que surpreenderam as atuais vice-campeãs da competição.

Com isso, a Hidráulica terminará a rodada na vice-liderança da chave, com seis pontos, mesma pontuação da ADJ/Barateiro/Raumak/FME que também venceu seus dois confrontos iniciais. As palmeirenses estão com apenas um ponto, ocupando o quarto lugar. 

Nos duelos da terceira rodada, marcados para esta quinta-feira (12/8), a Hidráulica Brasil encara o Sport/K.K. Golaso, às 17h30, abrindo a programação de jogos do dia. Na sequência, às 19 horas, o Jaguaré enfrenta o Chimarrão/Bender/DalPonte. 

A partida começou com as paulistas exercendo um maior volume de jogo, enquanto a Hidráulica tentava fugir nos contra-ataques. A tática das goianas funcionou aos 16min30, quando o time retomou a posse de bola no meio da quadra e partiu em velocidade. Marluce tocou entre as pernas de Bianca e abriu o marcador.

No segundo tempo o panorama seguiu o mesmo. Com as alviverdes no ataque, tentando furar o bloqueio defensivo do time do Centro-Oeste. O tempo passou e as chances foram perdidas pelo time paulista, que passou a utilizar a fixo Sâmia como goleira-linha, faltando cerca de sete minutos para o final do duelo.

A Hidráulica Brasil seguiu se defendendo bem e conseguiu ampliar. Karolzinha interceptou um passe de Sâmia e tocou por cobertura, fazendo 2 a 0, aos 35min45. As palmeirenses conseguiram diminuir aos 37min36, com Cilene, que completou uma bela troca de passes. Os instantes finais foram de intensa pressão do time de São Paulo, mas as redes não foram mais balançadas.

A ala Cilene, do Jaguaré/Palmeiras/Osasco, tentou explicar o que ocorreu. “O time jogou bem, mas a Hidráulica jogou com as quatro jogadoras de linhas fechadas atrás. O bloqueio delas foi bom e, além disso, não acertamos o pé e saímos daqui com a derrota hoje”, avaliou a atleta do time paulista.

Pelos lados das goianas, a ala Marluce comemorou o triunfo. “Estávamos com muita vontade e raça. Nosso time melhorou muito em relação à primeira rodada. Ganhamos das atuais vice-campeãs e demos mostra de que podemos ser campeãs e este é o nosso objetivo nesta Liga Futsal Feminina”.


UnoChapecó vence a segunda consecutiva


Caçador (SC) - A UnoChapecó/NTozzo/Female (SC) conquistou nesta quarta-feira (11/8) a segunda vitória consecutiva no grupo A da Liga Futsal Feminina. Jogando no ginásio Paulo Schieffler, em Caçador (SC), o time catarinense derrotou o Colégio Anglo/Seleto (PR) por 8 a 0 e chegou aos seis pontos na tabela, assumindo provisoriamente a liderança da chave.

Agora, nesta quinta-feira (12/8), a UnoChapecó enfrenta o Kindermann/Uniarp/Unimed (SC), às 20 horas, no clássico catarinense da terceira rodada da competição. Já as paranaenses, com a derrota, permaneceram na lanterna do grupo, ainda sem pontuar. Nesta quinta-feira, duelam contra o Sercomtel/Londrina (PR), às 17 horas, no duelo paranaense da rodada. 

As catarinenses dominaram o jogo desde o primeiro minutos. Aos 32 segundos, a ala Brenda abriu o placar com chute forte da entrada da área. Menos de um minuto depois, a ala Vanessa ampliou a vantagem da equipe chapecoense, que atuava com tranqüilidade.

Aos 7min02, a ala Tampa finalizou com precisão e fez o terceiro da UnoChapecó, que voltou a marcar aos 10min27, com um gol da fixo Daia. Depois de diminuir o ritmo, o time catarinense aumentou a vantagem aos 19min49, com um gol da ala Tampa, que fechou o placar parcial em 5 a 0. 

Na segunda etapa, a UnoChapecó diminuiu o ritmo e administrou o resultado. Mesmo assim, continuou com o domínio da partida e, aos 24min08, a pivô Bruninha fez o sexto gol do time catarinense. Depois, aos 28min28, a ala Jéssika encerrou a goleada por 7 a 0 com uma finalização curta.

Após o apito final, a ala Vanessa elogiou a atuação da equipe. “É sempre difícil atuar contra equipes que jogam muito fechadas, mas nossa equipe teve paciência e isso foi importante para a vitória. Demos alguns contra-ataques para elas, mas no geral foi uma boa atuação”, analisou. 


ADJ vence o Chimarrão e chega aos seis pontos


Criciúma (SC) - No duelo que marcou a abertura da segunda rodada do grupo B da Liga Futsal Feminina 2010, a ADJ/Raumak/Barateiro/FME superou o Chimarrão/Bender/DalPonte por 5 a 1, no início da noite desta quarta-feira (11/8), no ginásio José Antônio Carrilho, em Criciúma (SC).

Com isso, a equipe de Jaraguá do Sul (SC) chegou a segunda vitória, chegando aos seis pontos na chave, enquanto as gaúchas ainda não pontuaram. Outros dois confrontos complementam a rodada pelo grupo B: às 19 horas, Jaguaré/Palmeiras/Osasco e Hidráulica Brasil se enfrentam. Mais tarde, às 20h30, jogam Unesc/FME/Cri Construções e Sport/K.K. Golaso.

O gol que abriu o marcador ocorreu aos 4min31, com um toque de cabeça da ala Luisa. Em um contragolpe veloz, Nega completou para o gol e ampliou para as jaraguaenses, aos 19min29, fechando o marcador da primeira etapa em 2 a 0 para as catarinenses.

No segundo tempo, a ADJ voltou bem, criando boas chances de ampliar, mas a bola não entrou. As gaúchas então tentaram dar início a uma reação. Cota chutou de longe e marcou aos 32min05, fazendo 2 a 1. Porém, 20 segundos depois, a autora do tento do Chimarrão foi expulsa e deu a oportunidade para que Diana fizesse o terceiro das jaraguaenses, aos 33 minutos.

O quarto do time alvirubro veio aos 33min18, dos pés da ala Carol. Com a desvantagem de 3 gols, o técnico Ramon Schmitt passou a utilizar a fixo Masotti na função de goleira-linha, mas a ação resultou na possibilidade do quinto gol do time catarinense, anotado por Luisa, aos 39min02.

“Foi muito importante esta vitória para nós. Estamos disputando vagas com equipes muito fortes. Seguimos focadas na classificação. Nosso time é jovem e o trabalho de preparação foi fundamental para que chegassémos aqui em uma condição tão boa”, destacou a ala Luisa, artilheira do confronto com dois gols.

Pela terceira rodada, marcada para esta quinta-feira (12/8), o Chimarrão encara o Jaguaré/Palmeiras, às 19 horas. Na partida que encerrará a programação do dia, às 20h30, a ADJ terá o clássico diante da Unesc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário