VÍDEOS

Loading...

sábado, 14 de agosto de 2010

Liga Nacional de Futsal Feminina

Unesc bate o Chimarrão, segue invicta e na ponta do grupo B


Criciúma (SC) - A Unesc/FME/Cri Construções venceu seu terceiro jogo seguido pelo grupo B da Li ga Futsal Feminina 2010. Jogando em casa, no ginásio José Antonio Carrilho, em Criciúma (SC), a equipe catarinense venceu o Chimarrão/Bender/DalPonte, por 3 a 0, na noite desta sexta-feira (13/8).

Os três pontos mantém as anfitriãs na liderança isolada da chave, agora com dez pontos. Além da Unesc, os outros três classificados deste grupo para as quartas-de-final estão definidos: Jaguaré/Palmeiras/Osasco, ADJ/Raumak/FME e Hidráulica Brasil estão com suas vagas asseguradas para a sequência do campeonato – todos acumulam sete pontos cada.

Com o desfalque de sua artilheira, Gre, com quatro gols, e que não atuou por conta de uma lesão, a Unesc fez um primeiro tempo com maior volume de jogo. Porém o marcador foi aberto apenas aos 14min04, com um tento da pivô Toska, decretando números finais à etapa inicial.

No segundo tempo, as donas da casa também tiveram mais iniciativa ofensiva, criando várias oportunidades de gol, mas a boa atuação da arqueira Cris evitou que a vantagem fosse ampliada. Mas aos 35min23, não houve como evitar o gol de Taty, que escorou uma bola cruzada por Neguinha e fez 2 a 0.

A partir daí, a fixo Masotti passou a jogar como goleira-linha, mas quem marcou foi a Unesc. Taty escapou em velocidade e tocou na saída de Masotti, aos 38min13, decretando a vitória das catarinenses. “Ainda não temos a primeira colocação garantida, precisamos de um empate, mas perdemos muitos gols e precisamos finalizar com mais vontade. O importante é que as meninas foram maravilhosas”, comentou o técnico da Unesc, Zego.

A despedida do Chimarrão da Liga Feminina 2010 será neste sábado (14/8), diante do Sport/K.K. Golaso, que também não tem chance de classificação. O confronto ocorre às 19 horas. Logo em seguida, às 20h30, a Unesc encara a Hidráulica Brasil.


Kindermann derrota Nacional Gás e volta ao G-4


Caçador (SC) – Depois de duas derrotas consecutivas, o Kindermann/Uniarp/Unimed (SC) voltou a vencer na Liga Futsal Feminina. Nesta sexta-feira (13/8), o time derrotou o Nacional Gás/Unifor (CE) por 3 a 0 no ginásio Paulo Schieffler, em Caçador (SC), e assumiu a quarta posição do grupo A, com seis pontos. Já as cearenses, com a derrota, caíram para o quinto lugar, com três pontos.

A equipe caçadorense é a última equipe da chave que garante vaga na próxima fase da competição. Por isso, neste sábado 
(14/8), o time precisa, no mínimo, de um empate contra o Sercomtel/Londrina (PR) para confirmar um lugar nas quartas de final sem depender de outro resultado. As cearenses precisam derrotar o Colégio Anglo/Seleto (PR), às 18h30, e torcer por uma derrota do Kindermann ou do Mesc/São Bernardo/Sabesp (SP). 

No início da primeira etapa, o Nacional Gás teve mais posse de bola, mas não conseguiu criar jogadas de perigo. Aos poucos, o Kindermann acertou a marcação e passou a ameaçar a defesa cearense. Aos 15min06, o time caçadorense conseguiu abrir o placar. A pivô Luciléia fez boa jogada na linha de fundo e cruzou para dentro da área. A ala Marcela entrou livre e chutou rasteiro para colocar as donas da casa em vantagem.

Na segunda etapa, o Nacional Gás, ciente de que só a vitória deixaria a equipe mais perto da vaga nas quartas de final, foi ao ataque. No entanto, o Kindermann aproveitou logo a primera chance que teve e aumentou a vantagem, com um gol da ala Ari, aos 21min55. Sem alternativa, as cearenses pressionaram ainda mais, mas não conseguiram furar a defesa catarinense.

No fim, aos 35min06, uma nova tabela Lú-Marcela originou o terceiro gol caçadorense. A ala tocou para a pivô, que protegeu a bola e devolveu para o meio da área. Livre, Marcela só escolheu o canto e fechou o placar em 3 a 0. Após o jogo, a atleta elogiou a determinação da equipe diante das cearenses.

“Nosso time demonstrou hoje uma garra muito grande para conquistar essa vitória. Já tínhamos feito isso ontem, mas não conseguimos vencer, mas hoje foi diferente. Agora, precisamos repetir isso na partida de amanhã para conquistar o resultado que precisamos para garantir nossa classificação”, avisou.


UnoChapecó vence e garante vaga nas quartas de final


Caçador (SC) - A UnoChapecó/NTozzo/Female (SC) está classificada para as quartas de final da Liga Futsal Feminina. Nesta sexta-feira (13/8), a equipe derrotou o Sercomtel/Londrina (PR) por 2 a 0, no ginásio Paulo Schieffler, em Caçador (SC), e ratificou a primeira posição do grupo A a uma rodada do fim da primeira fase da competição.

As chapecoenses chegaram aos 12 pontos e, mesmo que percam a partida deste sábado (14/8), às 17 horas, contra o Mesc/São Bernardo/Sabesp (SP), não podem ser ultrapassadas por ninguém. As paranaenses, mesmo com a derrota, permanecem em segundo lugar, com sete pontos. Neste sábado, às 18h30, enfrentam o Kindermann/Uniarp/Unimed (SC), precisando apenas de um empate para se classificar sem depender de outros resultados.

Na partida, o UnoChapecó adotou uma postura mais ofensiva desde o início do jogo, ao contrário do Sercomtel, que se fechou na defesa para segurar as chapecoenses. Na primeira etapa, o time paranaense foi compacto e conseguiu anular as investidas adversárias, segurando o 0 a 0 no placar. 

O panorama da partida não mudou na segunda etapa. Trabalhando a bola com paciência, a UnoChapecó procurou abrir espaços na defesa paranaense, que, no entanto, seguia bem postada, sem cometer erros. 

Sem espaço para criar jogadas ofensivas, foi preciso uma jogada individual da ala Jéssika para que as chapecoenses conseguissem abrir o placar. Aos 28min57, ela dividiu bola no meio da quadra e carregou até a entrada da área, quando arriscou chute para gol, vencendo a goleira Néia.

Atrás no placar, o Sercomtel tentou reagir imediatamente e até teve chance de empatar, mas ninguém conseguiu empurrar para as redes o chute cruzado da pivô Naná. Aos 33min45, Jéssika desequilibrou a partida novamente. Ela roubou a bola e, depois de carregar pela quadra, finalizou rasteiro da entrada da área para marcar o segundo das chapecoenses.

Destaque da partida, Jéssika elogiou a determinação da UnoChapecó para vencer a retranca paranaense. “É muito difícil jogar contra uma equipe tão fechada assim, mas nosso time foi inteligente e atuou forte no ataque até conseguir o gol. Nosso time fez isso e ainda nem ofereceu contra-ataques”, explicou.


Empate entre Hidráulica e ADJ define classificados do grupo B


Criciúma (SC) - O empate entre Hidráulica Brasil e ADJ/Raumak/Barateiro/FME, por 0 a 0, na noite desta sexta-feira (13/8), definiu os classificados do grupo B da Liga Futsal Feminina 2010. A chave está sendo disputada em Criciúma (SC), no ginásio José Antonio Carrilho.

Com o resultado, as quatro equipes do grupo B que avançarão às quartas-de-final estão definidas: Unesc/FME/Cri Construções, Jaguaré/Palmeiras/Osasco, Hidráulica Brasil e ADJ/Raumak/Barateiro/FME. Todas estas equipes têm sete pontos e, faltando uma rodada para o término da fase classificatória, não podem ficar abaixo da quarta posição, que garante passagem à próxima etapa.

A rodada será completada com o duelo entre Unesc e Chimarrão/Bender/DalPonte, que já não tem mais chances de avançar. O confronto ocorre às 20h30, e pode deixar as donas da casa na liderança isolada, caso não percam.

O jogo foi equilibrado. As duas equipes se alternaram na busca das jogadas de ataque, mas o placar não foi aberto na primeira metade do confronto. No segundo tempo, as chances seguiram sendo criadas, mas a má pontaria das jogadoras e as atuações das goleiras Patrícia, da Hidráulica, e Mariele, das catarinenses, impediu q o marcador fosse aberto.

“A vitória não veio, mas a classificação que era nosso objetivo maior foi conquistado e isto é muito importante. Espero que amanhã a gente possa melhorar e encerrar a primeira fase com um triunfo”, destacou a fixo Samy, do time de Jaraguá do Sul.

A ADJ abre a rodada deste sábado (14/8), que encerra a fase de classificação da Liga Feminina. A equipe terá pela frente o duelo diante do Jaguaré/Palmeiras/Osasco, às 17h30. Mais tarde, às 20h30, a Hidráulica Brasil encara as donas da casa, encerrando a programação de jogos do dia.


Palmeiras goleia o Sport e se garante na próxima fase


Criciúma (SC) - O Jaguaré/Palmeiras/Osasco garantiu sua passagem para as quartas-de-final da Liga Futsal Feminina 2010. A equipe paulista venceu o Sport/K.K. Golaso por 10 a 0, no início da noite desta sexta-feira (13/8). O confronto foi realizado no ginásio José Antonio Carrilho, em Criciúma (SC), que está abrigando o grupo B da competição.

As palmeirenses chegaram aos sete pontos se igualando à Unesc/FME/Cri Construções, na ponta da chave. Com o resultado, as duas equipes estão asseguradas na próxima fase da Liga Feminina, que já passa a ser em sistema eliminatório, com jogos de ida e volta. Já o Sport fica com três pontos, na quinta colocação, mas ainda com chances de avançar.

As paulistas abriram o marcador aos 6min20, com uma arrancada da ala Jessiquinha, que chutou forte na saída da goleira Maga. Logo em seguida, Cilene tocou para Pamela sair de frente com a arqueira adversária, fazendo 2 a 0, aos 7min42. No restante do primeiro tempo, as alviverdes criaram várias oportunidades, mas o placar ficou inalterado.

Na etapa final o Palmeiras deslanchou no marcador. Pamela marcou mais um, aos 22min05. Jessiquinha fez o dela, aos 23min17, após outra jogada de Pamela. Aos 23min39, Livinha balançou as redes, fazendo 5 a 0. O sexto gol foi novamente de Pamela, aos 24min36. Livinha marcou o sétimo, aos 25min46, enquanto Jenifer fez o oitavo, aos 29min10, e Cilene o nono, aos 35min01. Danúbia fechou a goleada aos 39min01.

“Finalmente nosso jogo encaixou e conseguimos fazer uma boa partida. Os gols foram saindo e não perdemos tantas oportunidades quanto nos confrontos anteriores. Queremos conseguir uma boa colocação, por isso vamos buscar a vitória na rodada final, para ficarmos pelo menos em segundo lugar e decidir em casa nas quartas-de final”, destacou o a artilheira do confronto, Pamela.

No fechamento da fase de classificação, o Jaguaré/Palmeiras joga diante da ADJ/Raumak/Barateiro/FME, neste sábado (14/8), às 17h30. Na sequência, às 19 horas, as pernambucanas encaram o Chimarrão/Bender/DalPonte.


Mesc/São Bernardo vence Colégio Anglo 


Caçador (SC) - O Mesc/São Bernardo/Sabesp (SP) continua firme na briga por uma das quatro vagas do grupo A para as quartas de final da Liga Futsal Feminina. Nesta sexta-feira (13/8), no ginásio Paulo Schieffler, em Caçador (SC), as paulistas derrotaram o Colégio Anglo/Seleto (PR) por 4 a 0, alcançaram seis pontos na tabela de classificação e pularam para o terceiro lugar da chave.
D
O time paulista ainda pode cair para a quarta colocação ao final da rodada desta sexta, mas, mesmo assim, só depende dos seus esforços para garantir uma vaga. Neste sábado (14/8), pela última rodada da competição, a equipe enfrenta o Nacional Gás/Unifor (CE) precisando de uma vitória para se classificar sem depender de outros resultados. 

Já as paranaenses, com a derrota, continuam sem vencer na competição e já estão eliminadas. Neste sábado, às 17 horas, elas se despedem do torneio contra a UnoChapecó/NTozzo/Female (SC). 

O jogo

Na primeira etapa, o time paulista buscou mais o ataque, mas teve dificuldade para furar a defesa paranaense. Do mesmo modo, as maringaenses também encontraram problemas para criar boas situações de ataque, especialmente por causa da forte marcação do Mesc/São Bernardo. 

Mas, de tanto insistir, as paulistas chegaram ao primeiro gol. Aos 16min48, a pivô Bianca dominou a bola, ajeitou e chutou com força para acertar o ângulo e abrir o placar. Apenas 22 segundos depois, o time de São Bernardo do Campo (SP) aumentou a vantagem, quando a ala Silvana aproveitou saída de bola errada do time paranaense e chutou com força para fazer o segundo, fechando o placar parcial em 2 a 0.

Na segunda etapa, o Colégio Anglo saiu em busca do empate. Por outro lado, as paulistas se posicionaram para explorar os contra-ataques e, aos 26min25, a pivô Carol aproveitou bola roubada para marcar o terceiro da equipe. Depois, aos 32min27, a ala Érika também anotou um tento depois de saída de bola errada do time maringaense.

Autora do gol que abriu a vitória paulista, Bianca disse que a equipe poderia ter rendido mais, mas ressaltou a importância da vitória. ?Deixamos de fazer algumas coisas que sabemos e estamos acostumadas, mas foi bom porque conseguimos a vitória. Temos que descansar agora para amanhã e continuar assim, crescendo de produção?, afirmou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário