VÍDEOS

Loading...

sexta-feira, 19 de março de 2010

Ceará passa pelo Distrito Federal e fica muito perto da vaga

O Ceará teve dificuldades, mas venceu o DF
Palmas (TO) - Em um jogo extremamente tático, que mais parecia uma partida de xadrez, a seleção do Ceará derrotou o Distrito Federal por 2 a 0, com gols no final, e se aproximou muito da classificação da Divisão Especial do Campeonato Brasileiro Masculino de Seleções, categoria sub-20.

Com o Distrito Federal muito defensivo, buscando os contra ataques, os gols saíram no final, quando os brasilienses estavam atuando com o goleiro-linha. Com o triunfo os cearenses chegaram aos 12 pontos ganhos e necessitam de um ponto em dois jogos para sacramentar a classificação. Com 4 pontos o selecionado do Centro-Oeste ficou mais longe de uma das vagas.

A partida foi equilibrada desde seu início. Os cearenses buscavam o ataque, mas a defesa brasiliense esteve muito bem postada durante a maior parte do jogo, tendo cometido pouquíssimos erros. Na mesma toada, o Ceará buscava o gol, mas quando passava pela marcação, errava a finalização.

Buscando se aproveitar dos contra ataques, o Distrito Federal tentava se organizar em quadra, mas não encontrava espaços para isso, pois a reposição defensiva dos cearenses era muito rápida. Com isso as equipes não conseguiram abrir o placar na primeira etapa, que permaneceu no zero.

No segundo tempo o Distrito federal continuou se defendendo e o Ceará atacando. O jogo ficou nervoso, mas os times não cometiam erros defensivos. As chances de gol eram escassas. No final os brasilienses começaram a jogar com o goleiro-linha em busca do gol, mas o que ocorreu foi o contrário.

Em um contra ataque, o Ceará chegou tabelando bem na frente e a bola chegou ao pé de Ellyson, que bateu bem na saída de Luan, que estava atuando como goleiro-linha. Mantendo o mesmo esquema, com Luan no gol, o Distrito Federal sofreu o segundo gol logo depois, anotado por Ellyson novamente, encerrando a contagem.

Para Vinicius Aguiar, técnico do selecionado cearense, foi uma surpresa a postura defensiva do Distrito Federal. “A postura defensiva do adversário me surpreendeu e por isso conversei muito com os atletas para que tivessem paciência no jogo. No final conseguimos a vitória que nos deixa muito próximos da classificação.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário