VÍDEOS

Loading...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

ATA DA REUNIÃO DA LIGA FUTSAL FEMININA 2010

Às 10 horas do dia trinta e um de maio de 2010, segunda-feira, no Auditório da Federação Goiana de
Futebol de Salão, sito a Praça Santo Antônio, nº 130 Qd. 09 Lt. 02, Setor Campinas - Goiânia - GO,
iniciou-se a Reunião da Liga Futsal Feminina 2010 com a presença das seguintes pessoas abaixo
relacionadas:
Nº Nomes Entidade/Função
01 Hideraldo Jorge Santana Martins            Vice-Presidente Administrativo da CBFS
02 Antônio de Andrade Carrijo                      Coordenador Operacional da Liga Futsal
03 Sonmerson Augusto Rios             Depto. Técnico-Operacional da CBFS
04 Rafael Xavier da Silva                             Assessoria de Imprensa CBFS
05 Suria de Borba Attianesi               Departamento Técnico CBFS
06 Agnaldo Ferreira                                       Presidente da Fed Goiana de Futsal
07 Persio Faulim de Menezes                       SABESP-SP
08 Sérgio Luis da Silva                                  ADJ/Malwee Jaraguá
09 Salézio Kinderman                                   Kindermann
10 Wilma de Carvalho                                   Hidráulica Brasil
11 Hilmar Luiz Clarim                                    UNESC/Aprofucri
12 Daniela Duarte Dallago                            Sercomtel/Londrina
13 José Antônio Carrilho                               UNESC/Aprofucri

1. APRESENTAÇÃO
O Sr. Hideraldo Jorge Santana Martins, Vice-Presidente Administrativo da CBFS, abriu a reunião desejando às boas vindas a todos e apresentando os membros que compunham a mesa diretiva, neste ato Sr. Antônio de Andrade Carrijo e Sr. Sonmerson Augusto Rios, membros da Coordenação Operacional e de Logística da Liga Futsal, Sr. Agnaldo Ferreira, Presidente da Federação Goiana de Futsal e Srta. Suria de Borba Attianesi, Chefe do Departamento de Registro e Transferência da CBFS. O Sr. Hideraldo justificou a escolha da data e do local da reunião. A data foi democraticamente escolhida pela maioria dos clubes, depois de oferecida 3 (três) opções e o local, Goiânia - GO, se deu por economia de gastos com deslocamento de pessoal.

Confirmou-se com todos os presentes o recebimento da ata da reunião da Liga Futsal Feminina do ano passado, quando todos deram ciência ao recebimento.

2. PARTICIPAÇÃO DO UTC/UBERLÂNDIA
Colocou-se em discussão a participação do UTC/Uberlândia na Liga Futsal 2010, porque o clube infringiu o regulamento no ano passado, pois adquiriram a franquia e pagaram apenas a primeira parcela da mesma e desistiram da 1ª fase da competição em Fortaleza-CE após a publicação da tabela, o que, segundo o regulamento, configura a perda da franquia. Por unanimidade, votou-se pela perda da franquia pela equipe, cumprindo o Art. 8º do Regulamento na íntegra, estando o clube impossibilitado de participar da Liga durante dois anos.

3. CONVITE PARA PARTICIPAÇÃO
A próxima discussão em pauta foi: Se os times participantes da competição deveriam ser apenas os detentores de franquias ou se abririam possibilidade para equipes convidadas, que pelo regulamento, são permitidas até 4 (quatro) por ano. O Sr. Hilmar Luiz Clarim, representante da UNESC/Aprofucri, fez uma observação de que os times convidados poderiam participar sem custo apenas por um ano e depois desse período deveriam assumir as mesmas taxas pagas pelos detentores de franquias, ou seja, 30%do valor da franquia, atualmente R$ 15.000,00 (quinze mil reais) para participação no segundo ano, caso a equipe não compre a franquia. A proposta foi aprovada por unanimidade e o convite ao clube Malwee foi oficializado para 2010. O próximo item discutido na reunião foi o valor da franquia para o corrente ano. Por não estar havendo muito interesse formal de clubes, decidiu-se por unanimidade não fazer reajustes nos valores para 2010, mantendo então a quantia de R$ 50.000,00 (Cinqüenta Mil Reais). O Sr. Hideraldo lembrou a todos que a participação de novas equipes na Liga Futsal Feminina, convidada ou franqueada, está condicionada a participação em campeonatos femininos das federações de seus respectivos Estados. O Sr. Salézio Kindermann acrescentou propondo que as equipes que se desconheça a estrutura e que não se tenha conhecimento de sua solidez, deverão recolher, junto ao Departamento Financeiro da CBFS, um cheque caução no valor de R$ 15.000,00 (Quinze Mil Reais) para participar como convidado. O que foi aprovado por unanimidade.

4. PERÍODO E FORMA DE DISPUTA
Colocou-se em discussão o período de disputa da Liga Futsal Feminina, que normalmente
acontece em setembro. O Sr. Salézio Kindermann sugeriu que a competição acontecesse na primeira quinzena de agosto, para não coincidir com campeonato estadual de Santa Catarina. A proposta também foi aprovada por todos. Em seguida, colocou-se em votação para que a 1ª fase da competição iniciasse no dia 09/08 e finalizasse no dia 14/08/2010. Para isso a mesa diretiva acrescentou que o prazo limite para confirmação oficial de todas as equipes na competição deverá ser o dia 10/06/2010 e o prazo para regularização de atletas o dia 21/06/2010. Decisões aprovadas por unanimidade. Acordou-se entre os participantes que a quantidade máxima de equipes participantes para o ano de 2010 será de 12 (doze) e que a forma de disputa permanecerá a mesma do ano passado, ou seja, será feito rodízio simples dentro das chaves, classificando os 04 primeiros. A competição será disputada adotando-se o mesmo sistema de disputa de 2009, sou seja, em quatro (4) fases, sendo:
1ª Fase - Classificatória, 2ª Fase - Quartas de Final, 3ª Fase - Semifinal e 4ª Fase - Final.

5. SEDIAMENTO
Foi manifestado interesse de sediamento da 1ª fase da competição pelos seguintes clubes:
UNESC/Aprofucri, Kindermann, SABESP, Chapecó e a Malwee. Em votação representando a chave A, foi contemplada por unanimidade dos votos, a cidade de Caçador-SC, da equipe do Kindermann. Representando a chave B, escolheu-se por unanimidade a cidade de Criciúma-SC, da equipe UNESC.

6. LAUDOS DO CORPO DE BOMBEIROS
Os dois clubes que sediarão a competição deverão apresentar até o dia 21/06/2010 o laudo do corpo de bombeiros autorizando a realização de jogos em seus ginásios, para que seja homologado o sediamento, além de assumir todas as responsabilidades pertinentes ao sediante, dispostas em regulamento.

7. ALTERAÇÕES NO REGULAMENTO
Colocou-se o item em pauta, sendo sugerido pela mesa diretiva que o prazo para inscrição dos atletas na competição se encerrará dois dias úteis após o término da fase classificatória, com previsão para o dia 17 de agosto. Sugestão consentida por todos.
Até o dia 21/06, definiu-se que todas as equipes deverão enviar à Administração Executiva da Liga Futsal o seu calendário de datas para as fases seguintes da competição, para ajustes ao calendário do evento. O Sr. Antônio de Andrade Carrijo sugeriu que, assim como foi feito na Liga Futsal Masculina, que houvesse uma progressão de pena de cartões, o que tem funcionado na Liga Futsal Masculina, porque não se pode mais ter Medidas Disciplinares Automáticas segundo a legislação. Para o masculino, foi designada uma Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBFS para cuidar dos assuntos jurídicos das competições. Sugeriu-se, portanto, que essa mesma comissão cuidasse também da Liga Futsal Feminina no quesito disciplinar. Por unanimidade foi aprovado que o regulamento da Liga Feminina seguisse as mesmas alterações do Regulamento da Liga Futsal Masculina, sujeitando-se ao cumprimento de suspensão automática e consequentemente, impossibilidade de participar na partida subseqüente a atleta que, na mesma etapa da competição receber 01 (um) cartão vermelho ou 03 (três) cartões amarelos.

8. AJUDAS DE CUSTO
O Sr. Hideraldo informou que a CBFS envidará esforços para, seguindo os mesmos critérios adotados no ano passado, oferecer uma ajuda de custo de hospedagem/alimentação no valor de R$ 70,00 (setenta reais) por pessoa/dia, contados a partir de 24h antes do início da competição e 24h após a última participação na competição. As despesas de transporte ficariam sob responsabilidade de cada equipe. As demais fases a ajuda será idêntica a 2009. As equipes presentes reivindicaram que a mesma ajuda de custo de transporte oferecida para as Taças Brasil de Clubes e Campeonatos Brasileiros de Seleções, fosse oferecida também aos times da Liga. O Sr. Hideraldo informou que falará sobre o assunto com a presidência da CBFS, mas que não acredita que isso seja possível, tendo em vista que o orçamento da CBFS já se encontra
bastante comprometido.

9. ASSUNTOS GERAIS
O Sr. Hideraldo informou que, como de conhecimento de todos, a CBFS entrou com um pedido junto a FIFA para realização de um campeonato mundial feminino no Brasil, porém a FIFA respondeu que neste ano não homologará nenhuma competição feminina. ACBFS recorreu a FIFA pedindo que o campeonato aconteça no ano que vem, pois esse campeonato seria importantíssimo para tornar o futsal um esporte olímpico. Ainda se aguarda retorno da FIFA quanto a esse pedido.

Foi informado que a CBFS está tentando conseguir aprovação de projeto de captação de recursos através da Lei de Incentivo Fiscal, com o intuito de subsidiar a Liga Futsal Feminina, da mesma forma que neste foi conseguido para a Liga Futsal Masculina. O Sr. Hideraldo informou que a CBFS assinou contrato com a TV Globo até 2020, tendo a emissora se comprometido a transmitir o futsal masculino em TV aberta a partir de 2011. A emissora também demonstrou interesse em transmitir o futsal feminino em TV fechada. Para o próximo ano, a CBFS está com um projeto de criação de uma TV interna, que transmitirá todos os jogos importantes dos certames nacionais pelo site do Futsal do Brasil, com cobertura completa de jogos, comentários, narração e etc. Sem dúvida este projeto também terá grande visibilidade, o que certamente despertará o interesse de outras emissoras. O Sr. Antônio de Andrade Carrijo comentou sobre a participação do futsal no Pan Americano e nas Olimpíadas Escolares, que causou muito ciúmes em outras modalidades esportivas. Informou que o futsal feminino hoje é tratado com deferência, que hoje o COB trata o futsal com mais respeito. Aproveitou a oportunidade e parabenizou as equipes por toda essa visibilidade. O Sr. Hilmar Luiz Clarim agradeceu os votos pelo sediamento da competição e disse que todos serão bem recebidos em sua cidade. O Sr. Sérgio Luiz da Silva agradeceu os votos de confiança depositados na equipe da Malwee e declarou satisfação em participar da Liga Futsal Feminina. O Sr. Hideraldo finalizou cobrando das equipes que cumpram os prazos estabelecidos, lembrando que a data final é de protocolo na Confederação. Confirmou-se que o prazo para acréscimo e alterações no regulamento será o dia 15/06/2010. Parabenizou a UNOPAR pela proposta da forma de disputa feita no ano passado. Nada mais havendo a tratar, o Sr. Hideraldo Jorge Santana Martins, Diretor Executivo da Liga Futsal Feminina, encerrou os trabalhos e eu, Flaviana Nunes Loureiro, secretária designada, lavrei a presente ata.

Goiânia - GO, aos31 dias do mês de abril de 2010.

Flaviana Nunes Loureiro
Secretária Executiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário