VÍDEOS

Loading...

quinta-feira, 1 de abril de 2010

CEARÁ DE OLHO NAS OLIMPIADAS

Para Ferruccio Feitosa, Jogos Olímpicos devem se utilizar da estrutura física das cidades-sede da Copa de 2014

Na última terça-feira, 30, durante a abertura da III Conferência Estadual do Esporte, o titular da Secretaria do Esporte do Estado (Sesporte), Ferruccio Feitosa afirmou que está discutindo com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) a possibilidade de construir um Centro Nacional de Vôlei de Praia no Ceará, visando as Olimpíadas de 2016.

O Centro servirá como um local de treinamento para os competidores que almejam disputar os jogos. Além disto, o secretário também pleiteia a implantação de núcleos esportivos no Estado. "Já contactei com Cuba para que a gente possa ver a possibilidade de inserir no Ceará uma escola de boxe olímpico. A nossa ideia é dar oportunidade para que os nossos garotos possam vir a competir nas Olimpíadas de 2016", contou.

De acordo com Ferruccio, o Estado também contará com um centro de treinamento, que deverá ser construído após a Copa do Mundo de 2014. "Nós queremos construir um centro olímpico de referência, que irá contemplar a maioria das modalidades esportivas", disse.

O CT Olímpico, que será construído em uma área anexa ao estádio Castelão, irá abranger 40 mil m². O centro funcionará no mesmo espaço em que serão instaladas as tendas de hospitalidade durante a Copa.

Descentralização

O secretário ainda levou para discussão no COB, a ideia de descentralização dos jogos olímpicos, que serão disputados no Rio de Janeiro em 2016.

Segundo ele, modalidades como o futebol, por exemplo, podem utilizar as estruturas físicas dos estádios das cidades-sede da Copa de 2014. "Eu lancei a possibilidade da realização do futebol nos Jogos Olímpicos no estádio Castelão. As Olimpíadas não devem ser apenas do Rio de Janeiro, mas sim do Brasil", concluiu Ferruccio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário