VÍDEOS

Loading...

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Craque FALCÃO depois de expulso agride árbitro na Liga Paulista de Futsal


Árbitro chama PM após expulsar Falcão por suposta agressão

O ala Falcão foi expulso do jogo entre Orlândia e São José nesta quarta-feira, pela Liga Paulista de Futsal, por uma suposta agressão ao árbitro Nilson Carlos Nascimento durante a marcação de uma irregularidade contra Orlândia. O possível tapa causou uma confusão generalizada no ginásio Tênis Clube e a Polícia Militar teve de entrar em quadra para que a bola voltasse a rolar. O craque negou qualquer agressão e disse que estava apenas reclamando por não concordar com o árbitro.
Mesmo sem Falcão e Sinoé, que também foi expulso, Orlândia venceu São José por 2 a 1, em São José dos Campos, e manteve a liderança da competição, com 29 pontos. São José está em quinto lugar, com 15 pontos. Os dois gols da equipe de Falcão foram marcados por Jé, enquanto Jojô descontou para os donos da casa.
Confusão Orlândia São José Falcão (Foto: Quarttus Marketing)
Falcão reclama com árbitro Nilson Nascimento após marcação de tiro livre indireto (Foto: Quarttus Marketing)
A confusão aconteceu quando faltavam 10 minutos para o fim da partida. Falcão ergueu uma bola com os pés e recuou de cabeça para o goleiro. A arbitragem marcou um recuo e tiro livre indireto para o São José. Falcão se aproximou e começou a discutir com o árbitro e ergueu a mão em direção a Nascimento. Segundo o juiz, neste momento, Falcão lhe ofendeu com um palavrão e, na sequência, foi expulso.
- Os jogadores não entenderam a marcação. Eu explicava a regra quando ele me disse um palavrão. Expulsei ele, ele veio por trás de mim e me deu um tapa no rosto – disse Nascimento, após a partida. Ao receber a suposta agressão, o árbitro correu e pediu para que policiais militares entrassem em quadra para acalmar a situação.
Explicava a regra quando ele (Falcão) me disse um palavrão. Expulsei ele, ele veio por trás de mim e me deu um tapa no rosto”
Nilson Nascimento, árbitro da partida
O jogador deixou a quadra sem dar entrevistas, mas, via assessoria, negou qualquer agressão. O juiz disse que irá levantar os videos da partida e registrar um Boletim de Ocorrência para enviar à Federação Paulista, que poderá aplicar um gancho em Falcão.
Orlândia volta a jogar nesta quinta-feira, às 19h, quando visita a AABB, na Capital Paulista. O São José volta às quadras na sexta-feira, novamente no Tênis Clube, às 20h, contra Rio Preto.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário