VÍDEOS

Loading...

segunda-feira, 26 de abril de 2010

REGULAMENTO CAMPEONATO CEARENSE DE FUTSAL 2010

REGULAMENTO DO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTSAL

CATEGORIA: ADULTO/MASCULINO - ANO: 2010

CAPÍTULO I

DA ORGANIZAÇÃO



Art. 1o - O Campeonato Estadual de Futebol de Salão - Edição 2010, na Categoria ADULTO/MASCULINO é uma competição oficial e anual, promovida e organizada pela Federação Cearense de Futebol de Salão.

Art. 2o - O Campeão Estadual de Futebol de Salão de 2010, Categoria Adulto/Masculino, legítimo representante do Estado do Ceará na Taça Brasil de Clubes 2011 será conhecido entre as equipes que chegarem à fase final, através de disputas regulamentadas no presente Regulamento ou por Atos Adicionais a este.

§ Único: O Campeão Estadual de Futebol de Salão de 2010, Categoria Adulto/Masculino, será o legítimo representante do Estado do Ceará na Taça Brasil de Clubes de 2011 e o Vice Campeão Estadual terá uma vaga assegurada como representante do Estado na Liga Nordeste de 2011, serão conhecidos entre as equipes que chegarem à fase final, através de disputas regulamentadas no presente Regulamento ou por Atos Adicionais a este.

Art. 3o - A Organização do Campeonato será de inteira responsabilidade da FCFS, através de seus diversos Departamentos.

Art. 4o - Compete ao Departamento Técnico da FCFS a elaboração das Tabelas de todas as Fases que compõem o Campeonato.

Art. 5o - Em todas as partidas do Campeonato, que sejam realizadas na Capital ou Interior, haverá sempre um Representante da Presidência da FCFS para acompanhar os jogos, podendo o mesmo tomar resoluções que garantam o bom andamento dos jogos, fazendo cumprir e observar este Regulamento e as Leis Desportivas, ou qualquer outra medida visando o bem estar e o andamento da competição.


CAPÍTULO II

DAS INSCRIÇÕES DOS ATLETAS


Art. 6o - A participação de atletas nas Associações que estejam disputando, obedecerão as normas regulamentares previstas nos artigos abaixo a seguir, e adotada com relação a inscrições, revalidações e transferências.

Art. 7o - O atleta só poderá participar do jogo, se a sua carteira de identificação expedida pela FCFS em 2010 estiver com o Anotador, com uma antecedência mínima de 30 (trinta) minutos antes do início do jogo, sem a qual não poderá participar da partida.

§ 1o - Faltando a carteira expedida pela FCFS em 2010, o atleta ou atendente/massagista, exceto o técnico e preparador físico (Carteira do CREF) o médico ou fisioterapeuta deverá apresentar a carteira funcional, poderá ser inscrito mediante a apresentação de documento de fé pública que possua fotografia, que ficará de posse do anotador para anotação dos dados em súmula e posterior verificação nos registros da FCFS. O clube que não apresentar a carteira da FCFS, para seu atleta ou membro da comissão técnica (exceto técnico, preparador físico e médico/fisioterapeuta), tenha condição de jogo conforme descrito acima terá que pagar, em espécie, no momento da apresentação do documento, uma taxa no valor de R$ 25,00 (vinte cinco reais) por cada carteira não apresentada.

§ 2o - Constatado que o atleta ou membro da comissão técnica, cuja carteira faltou, não tenha registro na FCFS, sua equipe perderá os pontos automaticamente que porventura tenha ganhado e a súmula será encaminhada ao TJD/ FCFS para julgamento.

§ 3º - As equipes disputantes da partida deverão apresentar ao Anotador, 30 (trinta) minutos antes do horário previsto para inicio do jogo, uma relação contendo os nomes completos e apelidos, bem como Nº da carteira, dos atletas e membros da comissão técnica que irão participar da partida.

§ 4o - O atleta que participar por uma determinada equipe no Campeonato, inclusive no banco de reservas, ficará automaticamente impossibilitado de transferir-se para outra equipe no mesmo campeonato, ressalvadas as disposições constantes do Regulamento.

Art. 8o - As equipes participantes poderão inscrever qualquer atleta amador junto à FCFS, dentro da faixa de idade prevista para esta Categoria (mínima de 16 anos), com a obrigatoriedade de se fazer inscrições iniciais, revalidações ou transferências estaduais, interestaduais ou mesmo internacionais, se for o caso.

§ 1o – O prazo de Inscrições, Revalidações ou Transferências de atletas encerram-se às 18 horas do último dia útil, antes do último jogo da 1ª fase (jogos de volta) da competição, respeitando o que está prescrito no Art. 10º do presente Regulamento.

§ 2o - A idade fixada como limite mínimo deverá ser atingida até a data do início da competição, enquanto será permitida a participação dos atletas que tenham atingido no ano da competição a idade fixada como limite máximo.

§ 3o - Em hipótese alguma, nenhum atleta poderá ser inscrito por mais de 01 (uma) equipe nesta competição.

§ 4o - O estágio a ser cumprido por atleta que jogou no ano de 2009 que não tiver o atestado liberatório, será de 60 (sessenta) dias, contados da data de entrada da transferência do atleta no protocolo da secretária da FCFS.

§ 5o - Com o atestado liberatório e o pagamento da taxa, os atletas que atuaram em 2009 terão condições imediata de jogo.

§ 6o - Ficará isento desse estágio o atleta que não tiver participado da temporada oficial do ano anterior.

§ 7o – Os atletas com idade igual ou superior a 36 anos podem atuar desde que apresentem na FCFS ou no próprio local da competição, antecipadamente, Atestado Médico considerando-o apto para a prática do esporte.

Art. 9º - Os atletas menores de dezoito (18) anos terão que apresentar por ocasião das inscrições de suas equipes na FCFS, uma autorização escrita do pai ou responsável, para que o mesmo participe da competição.

Art. 10º - As inscrições de atletas e membros da comissão técnica deverão ser feitas até setenta e duas (72) horas antes do início do jogo previsto da equipe, para que o(s) atleta(s) e/ou membro(s) da comissão técnica possam ter condição de jogo.


CAPÍTULO III

DA FÓRMULA DE DISPUTA



Art. 11 - O Campeonato Estadual de Futebol de Salão, edição 2010, Categoria Adulto/Masculino, será disputado por vinte (20) equipes, distribuídas em três grupos (A, B e C), abaixo relacionadas:

GRUPO A GRUPO B GRUPO C

HORIZONTE FUTSAL FORTALEZA FUTSAL MOMBAÇA
CRATEÚS/UNICRED SUMOV ATLÉTICO CLUBE QUIXERAMOBIM
SAGRADA FAMILIA/CANINDÉ ESPAÇO JOVEM/FANOR QUIXADÁ FUTSAL
ITAPIPOCA FUTSAL ANTONIO BEZERRA/UNEUVA RUSSAS FUTSAL
TIANGUÁ FUTSAL MARACANÃ/MARACANAÚ FERROVIÁRIO/MORADA NOVA
VIÇOSA/J. FRIOS CAUCAIA/CT CBFS LIMOEIRO FUTSAL
SÃO GONÇALO DO AMARANTE CLUBE DOS DIÁRIOS

Art. 12 - Forma de Disputa da 1ª. Fase “Classificatória” (Jogos de Ida e Volta)
As equipes jogarão entre si, em jogos de ida e volta, dentro de seus respectivos grupos. Após o encerramento da primeira fase “classificatória”, as quatro (4) primeiras equipes melhores pontuadas dentro dos seus respectivos grupos, ou seja, maior número de pontos ganhos na 1ª. fase estarão classificados para as disputas da fase seguinte (2ª. Fase), as quatro (4) primeiras Equipes/Municípios tecnicamente melhor pontuadas, de cada grupo, num total de doze (12) Equipes/Municípios. Caso duas(2) ou mais Equipes/Municípios terminem a 1ª. Fase empatada em pontos ganhos serão obedecidos os Critérios de Desempate contidos no Art. 13 do presente regulamento.

Art. 13 - Os Critérios de Desempate serão os seguintes:

1) Confronto direto (entre duas Equipes/Municípios);
2) Maior número de vitórias na fase;
3) Maior número de vitórias fora de casa na fase;
4) Maior media de gols marcados (numero de gols marcados dividido pelo numero de jogos);
5) Maior número de gols marcados fora de casa;
6) Equipe com melhor índice disciplinar “”Fair Play”
7) Maior saldo de gols;
8) Sorteio.

Art. 14 – Forma de Disputa da 2ª. Fase “Eliminatória” (Jogos de Ida e Volta)
Após conhecidas as doze (12) Equipes/Municípios classificadas na primeira fase, a 2ª. Fase será disputada da seguinte forma: as Equipes/Municípios serão distribuídas em três (3) grupos de quatro (4) Equipes/Municípios e jogarão entre si, em jogos de ida e volta, dentro de seus respectivos grupos. Nessa fase (2ª. Fase), serão classificadas para as disputas da 3ª Fase, as duas (2) primeiras Equipes/Municípios tecnicamente melhor pontuadas em cada grupo e as duas Equipes/Municípios melhor pontuadas em 3º. Lugar da 2ª. Fase, num total de oito (8) Equipes/Municípios. Caso duas (2) ou mais Equipes/Municípios terminem essa fase empatadas em pontos ganhos, serão obedecidos os Critérios de Desempate contidos no Art. 14.1 do presente regulamento.

COMPOSIÇÃO DOS GRUPOS PARA A 2ª. FASE

GRUPO D GRUPO E GRUPO F

- 1º. Lugar do Grupo A 1º. Lugar do Grupo B 1º. Lugar do Grupo C
- 2º. Lugar do Grupo C 2º. Lugar do grupo A 2º. Lugar do Grupo B
- 3º. Lugar do Grupo B 3º. Lugar do Grupo C 3º. Lugar do Grupo A
- 4º. Lugar do Grupo A 4º. Lugar do Grupo B 4º. Lugar do Grupo C

Art. 14.1 - Os Critérios de Desempate:
a) Confronto direto (entre duas Equipes/Municípios) na fase;
b) Maior número de vitórias na fase;
c) Maior número de vitórias fora de casa na fase;
d) Índice Técnico na Fase (divisão do número de pontos ganhos pelo número de jogos);
e) Maior media de gols marcados na fase (número de gols marcados dividido pelo número de jogos);
f) Maior número de gols marcados fora de casa na fase;
g) Sorteio.

§ Único - Quando três (3) ou mais Equipes/Municípios terminarem empatadas na soma de pontos ganhos a partir da 2ª. Fase até a Fase Final observar-se-ão, sucessivamente, e na ordem eliminatória os critérios constantes do caput deste artigo, as letras b, c, d, e, f e g, apurando-se, por item, as equipes classificadas, sem prejuízo de descarta-se, na aplicação de cada critério, a(s) equipe(s) menos aquinhoada(s).

Art. 15 – Forma de Disputa da 3ª. Fase “Mata/Mata” (Jogos de Ida e Volta)
Nessa fase as oito (8) Equipes/Municípios serão distribuídas em grupos de duas (2) fazendo uma disputa de melhor de quatro (4) pontos, com o jogo de volta (segunda partida) sendo realizado no ginásio da Equipes/Municípios que obteve a melhor colocação na 2ª. Fase.

COMPOSIÇÃO DOS GRUPOS PARA 3ª. FASE:

GRUPO G => 1º. Melhor Coloc. da 2ª. Fase X 2º. Melhor 3º. Colocado da 2ª. Fase

GRUPO H => 2º. Melhor 1º. Coloc. da 2ª. Fase X 1º. Melhor 3º. Colocado da 2ª. Fase

GRUPO I => 3º. Melhor 1º. Colocado da 2ª. Fase X 3º. Melhor 2º. Colocado da 2ª. Fase

GRUPO J => 1º. Melhor 2º. Colocado da 2ª. Fase X 2º. Melhor 2º. Colocado da 2ª. Fase

§ Único - Caso após a realização da segunda partida, nenhuma das equipes tenha obtido ainda quatro (4) pontos ganhos, as equipes que tiverem o melhor índice técnico a partir da 2ª. Fase da competição jogarão pelo empate no tempo normal de jogo, no caso de nenhuma das equipes tenham ainda obtido os 4 pontos. Passaram para a próxima fase da competição (Semi Finais) as equipes classificadas em 1o (primeiro) e 2o (segundo) lugares.

Art. 16 - Forma de Disputa da 4ª. Fase SEMI FINAIS (Jogos de Ida e Volta)
As quatro equipes serão divididas em dois grupos. Assim como nas quartas-de-final, será aplicado o sistema eliminatório (mata-mata), em que fazem a melhor de duas partidas. Quem somar a maior pontuação estará classificado à final.

Em caso de empate no número de pontos nos dois primeiros confrontos será decidida em pênaltis. Os grupos para as disputas serão formados da seguinte forma:

___________________ x _____________________
GRUPO K – Vencedor do Grupo G Vencedor do Grupo I
___________________ x _____________________
GRUPO L – Vencedor do Grupo H Vencedor do Grupo J

§ 1o - Nessa fase (Semi Finais), as equipes classificadas da fase anterior, farão uma disputa de melhor de 4 (quatro) pontos, com o jogo de volta (segunda partida) sendo realizado no ginásio da equipe que obteve o melhor Índice Técnico a partir da 2ª. Fase da Competição, conforme o Art. 14.1 do presente Regulamento.

§ 2o - Caso após a realização da segunda partida, nenhuma das equipes tenha obtido ainda 4 (quatro) pontos, a decisão será por penalidades máximas:

• DECISÃO POR PENALIDADES MÁXIMAS

Será respeitado o anexo II do Livro Nacional de Regras de Futsal 2010.



FASE FINAL:

Art. 17 - Forma de Disputa da FASE FINAL (Jogos de Ida e Volta)
Será disputada na melhor de duas partidas. Em caso de empate no número de pontos nos dois primeiros confrontos será decidida em pênaltis. O grupo para as disputas será formado da seguinte forma:

_________________________ x _________________________
Vencedor do Grupo K Vencedor do Grupo L

§ 1o - Nessa fase (Final), as equipes classificadas da fase anterior, farão uma disputa de melhor de quatro (4) pontos, sendo que os dois jogos serão realizados em Fortaleza no Ginásio Paulo Sarasate.

§ 2o - Caso após a realização da segunda partida, nenhuma das equipes tenha obtido ainda quatro (4) pontos, será colocado em pratica o § 2o do Art. 16. A equipe que vencer na decisão por penalidades máximas será declarada CAMPEÃ DE 2010, enquanto que a outra equipe será a VICE-CAMPEÃ.

§ 3º - As equipes 3ª e 4ª colocadas serão as perdedoras da 3ª fase (semi-final), obedecendo os critérios técnicos de melhor campanha em toda a competição.

Art. 18 – Os mandos de quadra nas 2ª, 3ª e 4ª. Fase poderão ser alterados, a critério da FCFS, em caso dos ginásios não ofereçam as condições exigidas pela Federação.

Art. 19 – Os dois jogos das finais do Campeonato Estadual de Futsal Categoria Adulto Masculino de 2010 serão realizados em Fortaleza no Ginásio Paulo Sarasate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário